Busca por notícias:      
Exibindo todas as notícias de Fevereiro de 2015. Veja outras notícias escolhendo o mês e ano:
2016: Julho - Junho - Abril - Março - Fevereiro
2015: Junho - Maio - Abril - Março - Fevereiro - Janeiro
2014: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Junho - Maio - Abril - Março - Fevereiro
2013: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Julho - Junho - Maio - Março - Fevereiro - Janeiro
2012: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Julho - Junho - Maio - Abril - Março - Janeiro
2011: Dezembro - Novembro
1997: Setembro - Agosto - Julho - Abril - Março



Olimpíadas sobre patins
Evento reunirá em Barcelona, todos os eventos patinados
Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 27 de Fevereiro de 2015 - 15:00h
Última edição: 13 de Março de 2015 - 09:25h


Tornou-se oficial no fim de semana: Barcelona receberá em 2017 os primeiros Jogos Mundiais sobre patins! Dessa forma, a Espanha, candidata favorita, prevaleceu contra o desafiante Peru.
O presidente da FIRS Sabatino Aracu abriu o congresso em Roma e depois anunciou o prêmio para Barcelona. Na Catalunha, os patins tem um alto valor, e grande parte dos equipamentos estão disponíveis. O prêmio era lógico. "A candidatura combina política e esportes", observou Carmelo Paniagua, presidente a Associação de Patins espanhola.
Com esta declaração de Paniagua, as tensões políticas entre Espanha e Catalunha foram jogadas fora. Mas ambas as organizações desportivas de patins têm trabalhado em conjunto, enterrando o machado de uma vez para a implementação dos Jogos Mundiais sobre patins.
A ideia dos Jogos Mundiais é unir os campeonatos mundiais de muitos desportos de patins e, assim, proporcionar um evento importante, como os mundiais de atletismo e natação. Isto significa que os esportes individuais seriam mais vendáveis e espera-se que haja um aumento na presença, e na consciência, das TVs. É uma revolução que não tem muito a perder.
Para o hóquei em patins, Barcelona é o local ideal. Com o Palau Blaugrana, onde, presumivelmente, o campeão do mundo de 2017 será determinado, a cidade tem um excelente estádio, mais do que ancorado para a reputação do esporte na região. Imagina-se, no entanto, o que teria acontecido no Peru: não há nada de hóquei em patins no país. Teria se tornado uma espécie de campeonato fantasma.
A previsão é que em torno de 3 mil atletas participem da competição.

Colaborou: Karoline Albuquerque