Busca por notícias:      
Exibindo todas as notícias de Agosto de 1997. Veja outras notícias escolhendo o mês e ano:
2016: Julho - Junho - Abril - Março - Fevereiro
2015: Junho - Maio - Abril - Março - Fevereiro - Janeiro
2014: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Junho - Maio - Abril - Março - Fevereiro
2013: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Julho - Junho - Maio - Março - Fevereiro - Janeiro
2012: Dezembro - Novembro - Outubro - Setembro - Agosto - Julho - Junho - Maio - Abril - Março - Janeiro
2011: Dezembro - Novembro
1997: Setembro - Agosto - Julho - Abril - Março



Brasil começa mal preparação para o Mundial

Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 31 de Agosto de 1997 - 23:00h
Última edição: 01 de Abril de 2015 - 19:27h


Depois da polêmica lista dos convocados para o mundial da Alemanha, a Seleção Brasileira foi para Portugal onde disputou o torneio dos 50 anos de Conquista do primeiro título de Campeão Mundial do país sede, Portugal.
Oito países participaram deste torneio preparatório para o Mundial: Portugal, Angola, Brasil, EUA, Suíça, Espanha, Itália e França.
O Brasil não teve uma boa campanha, o que alimenta as críticas dos conservadores, que são contra a renovação feita para este mundial.
Vale lembrar também que o atacante Alan Karan, o segundo melhor jogador do Brasil, ainda não se apresentou à Seleção. Ele só vai integrar a equipe no Mundial.
O Brasil ainda participa de outro torneio antes do Mundial.
A Seleção do Brasil foi composta dos seguintes integrantes: o técnico Silvio Blancacco e o goleiro André do Literário; Karan Karan, do Palmeiras; Fernando Silva da Portuguesa; Flávio Guidi, Trolles e Tuca do Sertãozinho; Amauri, do Sport; Cacau, do Minho; André Borges, do Clube Português do Recife; Alan Karan do Salerno (Itália) e Didi, do Barcelona (Espanha).

GRUPO A
Classificação Equipe Pontos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo Gols
1 Portugal 6 3 0 0 31 5 26
2 Suíça 3 1 1 1 11 10 1
3 Estados Unidos 3 1 1 1 7 14 -7
4 Angola 0 0 0 3 2 22 -20
JOGOS
1ª rodada - 28 de agosto de 1997
Portugal 7x5 Suíça
Angola 1x5 Estado Unidos
2ª rodada - 29 de agosto de 1997
Portugal 11x0 Estado Unidos
Angola 1x4 Suíça
3ª rodada - 30 de agosto de 1997
Portugal 13x0 Angola
Estado Unidos 2x2 Suíça


GRUPO B
Classificação Equipe Pontos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo Gols
1 Espanha 6 3 0 0 29 4 25
2 Itália 4 2 0 1 22 11 11
3 Brasil 2 1 0 2 7 28 -21
4 França 0 0 0 3 7 22 -15
JOGOS
1ª rodada - 28 de agosto de 1997
França 3x8 Italia
Espanha 13x1 Brasil
2ª rodada - 29 de agosto de 1997
Brasil 4x2 França
Espanha 6x1 Italia
3ª rodada - 30 de agosto de 1997
Brasil 2x13 Italia
Espanha 10x2 França


FASE FINAL
Disputa de 7º/8º - 31 de agosto de 1997
Angola 5x4 França
Disputa de 5º/6º - 31 de agosto de 1997
Brasil 8x6 Estados Unidos
Disputa de 3º/4º - 31 de agosto de 1997
Itália 3x2 Suíça
FINAL - 31 de agosto de 1997
Espanha 3x2 Portugal





Palmeiras e Sertãozinho no Sulamericano
Equipes brasileiras terminaram bem classificadas
Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 31 de Agosto de 1997 - 12:00h
Última edição: 01 de Abril de 2015 - 10:15h

Palmeiras e Sertãozinho representaram o Brasil durante o Campeonato Sul-americano Masculino, em Santiago, Chile.
Apesar da superioridade dos times argentinos, as equipes brasileiras tiveram um desempenho satisfatório, terminando o Palmeiras em 4° lugar e o Sertãozinho em 5°.
As equipes Argentinas ficaram nas 3 primeiras posições.

CLASSIFICAÇÂO FINAL:
1° UVT (Argentina)
2° Casa de Itália (Argentina)
3° Studiantil (Argentina)
4° S.E.Palmeiras (Brasil)
5° Sertãozinho (Brasil)
6° Huachipato (Chile)
7° Leon Prado (Chile)
8° UMCE (Chile)
9° Malta Cervunion (Colômbia)





Hóquei Feminino no Mundo
Terminaram as competições em vários países
Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 31 de Agosto de 1997 - 12:00h
Última edição: 01 de Abril de 2015 - 17:57h

Terminaram alguns campeonatos femininos ao redor do mundo.
Vale lembrar que na Europa os Campeonatos não terminam no mesmo ano em que começam.
Veja alguns campeões no mundo :
Benelux(Bélgica/Holanda/Luxemburgo): Agor (Holanda)
Colômbia : D'Rapeg
França : Wesquehal
Portugal: H.C. Carvalhos
Espanha : C.N. Igualada
Suíça : Pully
O Europeu de Seleções começa em 23 de novembro e vai até o dia 29, em Portugal.
O nacional de estados Australianos começa em poucos dias.
O Campeonato de Portugal 97/98 começa em maio de 1998.





Portuguesa é Bi-Campeã Brasileira
Equipe de São Paulo terminou invicta a competição
Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 10 de Agosto de 1997 - 12:00h
Última edição: 02 de Abril de 2015 - 09:41h


Depois de vagar em rítimo de Ping Pong até encontrar sua sede definitiva, o 4° Campeonato Brasileiro se realizou na primeira semana de agosto de 1997. Previsto inicialmente para o Clube Português do Recife, o campeonato foi disputado na mesma sede de dois anos antes, a boa quadra da equipe do Minho, no Clube Internacional, em Recife.
Participaram as equipes da Portuguesa, AABB e Sertãozinho, de São Paulo; as equipes do Sport, Português e Minho, de Recife.
A equipe da Portuguesa, que defendia o título, foi direto da Alemanha, onde conquistou dias antes o título de mundial interclubes, até Recife e, devido a um overbook mal planejado da companhia aérea, chegou horas antes do primeiro jogo com apenas 6 atletas, o número mínimo de atletas possível (o restante da delegação ficou em Paris, retido mais um dia). O clube paulista enfrentou o Sertãozinho. Em poucos minutos, o juiz Leandro Agra, repetindo as péssimas atuações no brasileiro masculino, expulsou a beque Patrícia Perini por 3 minutos, tempo em que a Portuguesa jogou com uma atleta a menos. Depois, Leandro fez vista grossa à agressão de atleta sertanezina à atacante Lusa Patrícia Albuquerque, que teve um profundo corte no nariz. O técnico da Portuguesa também foi expulso por reclamação. Marcelo Albuquerque assumiu como técnico apartir deste momento. Apesar de todos esses problemas, a Portuguesa venceu seu adversário por 4 a 0.
AABB e Minho seguiram invictos durante toda suas respectivas campanhas, até cruzarem com a Portuguesa, que garantiu o título do Bi-campeonato. Bom momento do Campeonato, foi a 2a. colocação do Minho, que confirmou a boa fase do clube pernambucano.


Classificação Equipe Pontos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo Gols
1 Associação Portuguesa de Desportos (São Paulo, São Paulo) 10 5 0 0 18 1 17
2 Associação dos Amigos do Minho (Recife, Pernambuco) 8 4 0 1 17 5 12
3 Associação Atlética do Banco do Brasil (Itapecerica da Serra, São Paulo) 6 3 0 2 11 10 1
4 Sertãozinho Hóquei Clube (Sertãozinho, São Paulo) 4 2 0 3 8 9 -1
5 Clube Português do Recife (Recife, Pernambuco) 2 1 0 4 12 16 -4
6 Sport Club do Recife (Recife, Pernambuco) 0 0 0 5 3 28 -25
JOGOS
1ª rodada - 5 de agosto de 1997
Associação Atlética do Banco do Brasil 5x1 Clube Português do Recife
Associação dos Amigos do Minho 6x2 Sport Club do Recife
Associação Portuguesa de Desportos 4x0 Sertãozinho Hóquei Clube
2ª rodada - 6 de agosto de 1997
Associação Atlética do Banco do Brasil 1x0 Sertãozinho Hóquei Clube
Associação Portuguesa de Desportos 5x0 Sport Club do Recife
Associação dos Amigos do Minho 2x0 Clube Português do Recife
3ª rodada - 7 de agosto de 1997
Associação Atlética do Banco do Brasil 1x2 Associação Portuguesa de Desportos
Sport Club do Recife 0x10 Clube Português do Recife
Associação dos Amigos do Minho 3x0 Sertãozinho Hóquei Clube
4ª rodada - 8 de agosto de 1997
Sertãozinho Hóquei Clube 4x0 Sport Club do Recife
Associação Portuguesa de Desportos 5x0 Clube Português do Recife
Associação dos Amigos do Minho 6x1 Associação Atlética do Banco do Brasil
5ª rodada - 9 de agosto de 1997
Sertãozinho Hóquei Clube 4x1 Clube Português do Recife
Associação Atlética do Banco do Brasil 3x1 Sport Club do Recife
Associação dos Amigos do Minho 0x2 Associação Portuguesa de Desportos





Portuguesa Campeã Mundial de Hóquei Feminino
Brasileiras foram campeãs invictas
Por Marcelo Albuquerque (maebee) - 04 de Agosto de 1997 - 23:00h
Última edição: 02 de Abril de 2015 - 11:21h


Terminou a Weltcup, o Campeonato Mundial Interclubes de Hóquei sobre Patins Feminino, que estava sendo disputado em Springe, na Alemanha. A Associação Portuguesa de Desportos foi campeã invicta.
Esta é a terceira vez que foi disputanda a Weltcup, mas é a primeira vez que uma equipe brasileira participa do evento. Além da Portuguesa, participaram o SCPTT Bordeaux (França), o Andorra Hockey Club (Andorra), o Hockey Trieste (Itália) e as equipes alemãs do I.G.Remsched, SC Bad Munger e do SC bison Calemberg, que foi o anfitrião do torneio.
Na primeira rodada, a Portuguesa enfrentou e derrotou o SC Bison Calemberg, campeão alemão e campeão do Torneio Internacional do Brasil em 1994, por 6 a 2. Foi um jogo tumultuado onde todas as atletas da Portuguesa receberam cartão amerelo. Após o jogo, um triste ginásio reconheceu o talento das meninas brasileiras. Os gols foram marcados por Paula Sakuma (3), Patrícia Albuquerque (2) e Tomomi Ishida.
Na 2ª rodada, a equipe da Lusa não encontrou dificuldades para golear o Andorra Hockey Clube, de Andorra, por 33 a 0. O resultado, um recorde em partidas do hóquei feminino brasileiro e o maior resultado da história da competição, mostrou uma Portuguesa muito bem preparada para se tornar a primeira equipe brasileira campeã mundial. Os gols da partida foram marcados por Patrícia Albuquerque (12), Maiuko Saito (7), Paula Sakuma(5), Érica Silva(5), Viviane Camargo(2), Taluama Portugal e Tomomi Ishida.
À noite, a equipe Brasileira teve um difícil jogo com o time alemão I.G.Remscheid. Prejudicada pela arbitragem, dois juízes alemães que chegaram a invalidar um gol legítimo da Portuguesa, e pela pressão da torcida local, a Portuguesa terminou o primeiro tempo empatado em 1 a 1 (gol de Patrícia Albuquerque). Ao início do segundo, Paula Sakuma fez o gol da vitória que antecedeu um enorme nervosismo até o fim da partida.
No dia 28 de agosto, a Portuguesa enfrentou e derrotou o S.C.T.T.P. Bordeaux, da França, por 5 a 1. Os cinco gols foram marcado pela artilheira Patricia Albuquerque.
Contra o Hockey Trieste, da Itália, A Portuguesa fez um péssimo jogo e, após um perigoso empate em 0 a 0 que se extendeu por quase toda a partida, a atacante brasileira Patrícia Albuquerque fez o gol da vitória a poucos minutos do fim. E festa das brasileiras, que garantiram a classificação antecipada para as finais do torneio.
O resultado pode ser considerado como uma vingança. Durante o mundial de Seleções de 1996, o Brasil foi eliminado nas semifinais pela Itália. A partida foi decidida nos pênaltis, após o Brasil ceder o empate em 1 a 1, a 2 segundos do fim do jogo, com erro da beque Tatiana.
A quinta rodada foi marcada pelas adversidades. Além da apertada vitória da Lusa por 1 a 0, o I.G.Remscheid foi derrotado pelo Bad Munder, que não vinha tendo boas participações, no clássico alemão. Outros dois times também garantiram nesta rodada vaga nas finais da Weltcup: O AGOR , da Holanda, e a equipe anfitriã do Calemberg. Os dois se enfrentaram e o time Alemão levou a melhor, vencendo por 9 a 4.
Na penúltima rodada, a Associação Portuguesa de Desportos deu mais um passo decisivo quando venceu os ex-favoritos holandeses do AGOR Dortrecht, por 11 a 2. Este foi o segundo confronto entre as duas nações em campeonatos de hóquei feminino. Atual Campeão do Benelux (O campeonato Belgica/Holanda/Luxemburgo), o AGOR havia perdido sua invencibilidade na rodada anterior e buscava, contra a Portuguesa, a reabilitação e o retorno á liderança do campeonato. Baseando-se no jogo aberto, a equipe Brasileira mostra o que tem de melhor: as velozes jogadas de contra-ataque com sua talentosa dupla goleadora artilheiras dos dois últimos mundiais: Patrícia Albuquerque, fez 6 gols e Paula Sakuma, que fez 4. A defensiva Patrícia Perini marcou outro e fechou a goleada por 11 a 2. No último jogo da primeira fase do campeonato, a Portuguesa venceu o Alemão Bad Munder por 13 a 2. Assim, como última invicta do campeonato, a Portuguesa passou para a 2ª fase com dois pontos de vantagem sobre o segundo colocado. Os gols da partida foram marcados por Patricia Albuquerque (8), Érica "Cadeta" (4) e Paula Sakuma.

No primeiro jogo da 2ª fase, a Portuguesa enfrentou e derrotou o I.G.Remsheid, da Alemanha, por 7 a 0. O destaque deste jogo foi a beque Tatiane Camargo, de apenas 12 anos. Ela entrou na equipe da Portuguesa nos minutos finais e, com muita personalidade, ajudou a finalizar a vitória. Na primeira fase, os dois times tinham se encontrado, e a Portugesa venceu pelo magro placar de 2 a 1. Os gols da partida foram marcados por Patricia Albuquerque (5) , Érica "Cadeta" e Paula Sakuma. Contra o AGOR Dortrecht, da Holanda, não foi diferente, e, na rodada seguinte, a Portuguesa o venceu por 18 a zero, dos quais 14 gols foram marcados apenas no primeiro tempo. Abatido pela maratona de jogos, o campeão do Benelux não conseguiu repetir a boa campanha da primeira fase.
A artilheira do campeonato, Patrícia Albuquerque, fez mais 4 gols. Os outros gols do jogo foram marcados por Paula Sakuma (6), Érica Silva (4), Maiuko Saito (2), Tomomi Ishida e Maria Eugênia Tomazzini. A partir do 2° tempo, o técnico Antonio Martins poupou o time titular e jogou com todas as reservas.
No último jogo, contra o Calemberg da Alemanha, a Lusa venceu por 8 a 1, o que premiou uma campanha inigualável na história dos Mundiais Interclubes. A partida, apesar da expressiva diferença de gols, foi bastante nervosa. Enquanto a torcida tentava empurrar a equipe da casa em busca do título, a Portuguesa mantia seu estilo de jogo e administrava o benefício do empate.
No jogo decisivo, a Lusa marcou primeiro e o desesperado Calemberg foi para cima das rubro verdes, levando os demais gols no contra-ataque, uma especialidade das atacantes brasileiras.

A equipe titular da Portuguesa é formada pelas atacantes Patrícia Albuquerque e Paula Sakuma, as defesas Érica Silva, Patrícia Perini e a goleira Silvana Namie. As defesas Taluama Portugal (emprestada pelo Sertãozinho H.C., e que já defendeu as cores da Portuguesa no Sul-americano) e Tatiane Camargo, a goleira Paula Raposo, as atacantes Maria Eugênia Tomazzini e Viviane Camargo e as Japonesas Maiuko Saito e Tomomi Ishida completam a equipe Campeã. Apesar de contar com 12 jogadoras o técnico Antônio Martins só pôde escalar 10 atletas para cada partida.
O ataque da Portuguesa Marcou 104 gols e sofreu apenas 9. Isso valheu o título de goleira menos vazada à Silvana Namie. Patrícia Albuquerque, também da Portuguesa, foi a artilheira do torneio, com 50 gols.
Na foto, em pé: o câmera Rodrigo, as acompanhantes femininas Lenira Martins e Maria Sakuma, as irmãs Tatiane e Viviane Camargo, a super artilheira Patrícia Albuquerque, o Dirigente Paulo Sakuma, as atletas Patrícia Perini e Érica Silva e o técnico-dirigente Antônio Martins.
Agachadas, as atletas Paula Sakuma, Mayuko Saito, Silvana Namie, Taluama Portugal, Paula Raposo, Tomomi Ishida e Maria Eugênia Tomazzini.




FASE DE CLASSIFICAÇÃO:
Classificação Equipe Pontos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo Gols
1 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil) 14 7 0 0 71 8 63
2 SCB Calemberg (Alemanha) 12 6 0 1 60 21 39
3 AGOR Dortrecht (Holanda) 8 4 0 3 51 34 17
4 SCPTT Bordeaux (França) 6 3 0 4 44 39 5
5 I.G.Remscheid (Alemanha) 6 3 0 4 26 22 4
6 Hockey Trieste (Itália) 6 3 0 4 35 37 -2
7 SC Bad Munder (Alemanha) 2 1 1 5 23 62 -39
8 Andorra H.C (Andorra) 1 0 1 6 16 112 -96
JOGOS
1ª rodada - 26 de julho de 1997
SCPTT Bordeaux (França) 4 x 7 I.G.Remscheid (Alemanha)
Andorra H.C (Andorra) 5 x 5 SC Bad Munder (Alemanha)
SCB Calemberg (Alemanha) 2 x 6 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
Hockey Trieste (Itália) 3 x 9 AGOR Dortrecht (Holanda)
2ª rodada - 27 de julho de 1997 - manhã
Andorra H.C (Andorra) 0 x 33 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
I.G.Remscheid (Alemanha) 2 x 5 AGOR Dortrecht (Holanda)
SCPTT Bordeaux (França) 5 x 8 Hockey Trieste (Itália)
SCB Calemberg (Alemanha) 18 x 4 SC Bad Munder (Alemanha)
3ª rodada - 27 de julho de 1997 - noite
Andorra H.C (Andorra) 1 x 16 AGOR Dortrecht (Holanda)
SCPTT Bordeaux (França) 3 x 8 SCB Calemberg (Alemanha)
I.G.Remscheid (Alemanha) 1 x 2 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
Hockey Trieste (Itália) 5 x 2 SC Bad Munder (Alemanha)
4ª rodada - 28 de julho de 1997
Hockey Trieste (Itália) 1 x 2 I.G.Remscheid (Alemanha)
Andorra H.C (Andorra) 3 x 14 SCB Calemberg (Alemanha)
SCPTT Bordeaux (França) 1 x 5 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
SC Bad Munder (Alemanha) 1 x 10 AGOR Dortrecht (Holanda)
5ª rodada - 29 de julho de 1997
SC Bad Munder (Alemanha) 5 x 1 I.G.Remscheid (Alemanha)
Andorra H.C (Andorra) 2 x 14 SCPTT Bordeaux (França)
Hockey Trieste (Itália) 0 x 1 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
SCB Calemberg (Alemanha) 9 x 4 AGOR Dortrecht (Holanda)
6ª rodada - 30 de julho de 1997
Andorra H.C (Andorra) 2 x 12 I.G.Remscheid (Alemanha)
SCPTT Bordeaux (França) 10 x 4 SC Bad Munder (Alemanha)
AGOR Dortrecht (Holanda) 2 x 11 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
Hockey Trieste (Itália) 0 x 6 SCB Calemberg (Alemanha)
7ª rodada - 31 de julho de 1997
SCB Calemberg (Alemanha) 3 x 1 I.G.Remscheid (Alemanha)
Andorra H.C (Andorra) 3 x 18 Hockey Trieste (Itália)
SC Bad Munder (Alemanha) 2 x 13 Associação Portuguesa de Desportos (Brasil)
SCPTT Bordeaux (França) 7 x 5 AGOR Dortrecht (Holanda)


DISPUTA DE 5º/6º:
Faltam resultados para o apuramento da classificação final
JOGOS
1ª rodada - 1 de agosto de 1997
Andorra H.C. (Andorra) 3 x 13 Hockey Trieste (Itália)
SCTPP Bordeaux (França) 8 x 3 SC Bad Munder (Alemanha)
2ª rodada - 2 de agosto de 1997
Andorra H.C. (Andorra) 7 x 9 SCTPP Bordeaux (França)
Hockey Trieste(Itália) 3 x 2 SC Bad Munder (Alemanha)
3ª rodada - 3 de agosto de 1997
Andorra H.C. (Andorra) x SC Bad Munder (Alemanha)
SCTPP Bordeaux (França) x Hockey Trieste(Itália)


FASE FINAL - DISPUTA DE 1º/4º:
Faltam resultados para o apuramento da classificação final
JOGOS
1ª rodada - 1 de agosto de 1997
SCB Calemberg (Alemanha) 2 x 1AGOR Dortrcht (Holanda)
Associação Portuguesa de Desportos (Brasil) 7 x 0 IGRemshed (Alemanha)
2ª rodada - 2 de agosto de 1997
SCB Calemberg (Alemanha) 4 x 1 IGRemshed (Alemanha)
Associação Portuguesa de Desportos Portuguesa de Desportos (Brasil) 18 x 0 AGOR Dortrcht (Holanda)
3ª rodada - 3 de agosto de 1997
I.G.Remshed (Alemanha) x AGOR Dortrcht (Holanda)
Associação Portuguesa de Desportos Portuguesa de Desportos (Brasil) 8 x 1 SCB Calemberg (Alemanha)